Sem alterações

Palestra: Previdência do servidor

Realizada no IFSULDEMINAS – Campus Inconfidentes palestra sobre previdência do servidor público

ROBERTO MENDONCA MARANHO

09/01/2018

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Dentro Materia Palestra Previdencia 01No dia 19 de dezembro, foi realizada no Salão Social do IFSULDEMINAS – Campus Inconfidentes a palestra “Reforma da Previdência: principais mudanças no Regime Próprio e como avaliar em cada caso se vale a pena a migração para o Regime de Previdência Complementar”. O evento foi uma iniciativa da Coordenação Geral de Recursos Humanos.

A palestra foi ministrada pelo auditor do Tribunal de Contas da União, Fernando Mendonça Maranho, que disse que a ideia é trazer o máximo de informações para o servidor poder, de fato, decidir se é interessante ou não migrar para o Regime de Previdência Complementar. “Vou falar sobre as regras atuais do Regime Próprio, as novas regras do Regime Próprio de acordo com a Reforma da Previdência, o que é a migração para o Regime de Previdência Complementar e as principais regras da Funpresp”, comentou.

Dentro Materia Palestra Previdencia 02O auditor disponibilizou para todos os servidores uma planilha que permite simular a renda líquida total em caso de migração para o Regime de Previdência Complementar e também em caso de não migração, para cada um poder comparar as duas situações (clique aqui para baixar o arquivo). “Eu vou mostrar dois casos de exemplos para o servidor poder entender a análise que a gente vai fazer e vou discutir algumas perspectivas futuras envolvendo esse tema da previdência”, complementou Fernando. O palestrante também disponibilizou os slides de sua apresentação (clique aqui para acessar).

A Coordenadora Geral de Recursos Humanos, Maura Pereira Fagundes Garcia, comentou sobre o motivo da iniciativa de promover a palestra. “Tendo em vista diversas mudanças nas formas de aposentadorias para o servidor público, após a reforma prevista, e tendo em vista que as regras de aposentadoria do servidor público já mudaram bastante nos últimos anos, mais especificamente a partir de 01/01/2004, é muito importante o esclarecimento aos servidores para que os mesmos possam assegurar uma aposentadoria compatível com os seus rendimentos. Sem um planejamento no presente, a remuneração no futuro poderá desapontar”.

Dentro Materia Palestra Previdencia 03O professor do Campus Inconfidentes, Rafael César Bolleli Faria, participou da palestra e considerou uma importante oportunidade de ampliar seus conhecimentos sobre o tema. “Foi muito interessante porque sou muito leigo em relação a previdência, ao quanto a gente está contribuindo. Então essas informações extras, nesse novo cenário, foram fundamentais para a gente compreender um pouco mais esse risco que a gente está correndo se continuar na mesma previdência. Essa possibilidade da Previdência Complementar é essencial para a gente avaliar e repensar sobre isso”.

“Acho que a palestra foi bastante esclarecedora, lançou luz sobre alguns pontos que a gente tinha dúvidas em relação a migração ou não migração. Agora é estudar essas possibilidades”, disse a professora do Campus Inconfidentes, Lidiane Teixeira.

O servidor que optar em realizar a migração deverá acessar o SIGEPE – Sistema de Gestão de Pessoas, entrar na opção “RPC – Previdência Complementar”, em seguida escolher “Optar por Vinculação ao RPC”. Será gerado um documento que deve ser entregue ao setor de Recursos Humanos. Após a homologação do pedido, o servidor que decidir aderir a Funpresp deverá acessar novamente o sistema, e dentro do menu “RPC – Previdência Complementar”, escolher a opção “Aderir”. Então irá escolher o percentual de contribuição e o regime de tributação. O documento gerado deverá ser levado ao setor de Recursos Humanos para homologação.

 Fotos: Paula Doná

Confira as imagens: